PREVISÃO DO TEMPO
COTAÇÕES
Coronel Fabriciano
Min: 25C   Max: 29C
Ipatinga
Min: 25C   Max: 29C
Santana do Paraíso
Min: 24C   Max: 28C
Timóteo
Min: 24C   Max: 28C
Cadastre-se
Redes Sociais 
 
Polícia
28/12/2011 - 01:30

Acidentes e homicídios: 5 mortes


Primos perdem a vida em batida contra caminhão em Belo Oriente, enquanto vigilante tem bicicleta atingida por moto no Parque Ipanema. Assassinatos, em Ipatinga, fizeram vítimas nos bairros Esperança e Vila Celeste


BELO ORIENTE – Em menos de 15 horas, do início da noite de segunda-feira (26) até a manhã desta terça (27), as autoridades policiais do Vale do Aço foram mobilizadas para acidentes e assassinatos que culminaram em cinco mortes. O caso mais grave aconteceu em Belo Oriente: a batida entre um caminhão e uma moto tirou a vida de dois jovens primos. Em Ipatinga, nos bairros Esperança e Vila Celeste, ocorreram mais dois assassinatos que vitimaram um ex-detento e um mecânico montador. O quinto óbito foi o de um vigilante que pedalava uma bicicleta que acabou atingida por uma moto no Parque Ipanema.  

AKR e Reprodução

A Honda Fan teria feito uma ultrapassagem em faixa contínua antes de bater de frente com o Mercedes-Benz. Geferson e Christiano (no detalhe) morreram após a colisão
As cinco mortes começaram a acontecer na noite de segunda-feira, por volta das 19h, quando policiais militares rodoviários foram acionados para o km 68 da rodovia LMG-758, perto da localidade de “Brauninha”, em Belo Oriente. Elenílson David da Silva Castro, de 25 anos, relatou que dirigia o caminhão Mercedes-Benz (GWR-4174) quando foi surpreendido pela Honda Fan, 125cc, placa HIS-0230, que fazia uma ultrapassagem em faixa contínua sem observar o fluxo de veículos.

Elenílson afirmou ter tentado desviar da moto, mas não conseguiu evitar a batida frontal entre os dois veículos. A Honda Fan era pilotada por Geferson Geraldo Barbosa Oliveira, 20, e tinha na garupa o primo dele, Christiano Oliveira dos Santos, da mesma idade, que foram lançados para o asfalto. O primeiro morreu depois de socorrido pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital Márcio Cunha (HMC), em Ipatinga, onde médicos e enfermeiros chegaram a tentar  reanimá-lo. Já Christiano foi atendido por uma ambulância do distrito de Perpétuo do Socorro (Cachoeira Escura) e encaminhado ao hospital local, onde também não resistiu aos ferimentos. Segundo testemunhas, os dois primos saíram de Belo Oriente e seguiam para Cachoeira Escura, onde participariam de uma partida de futebol. Os corpos foram levados para o Instituto Médico-Legal (IML) de Ipatinga depois das análises de praxe da perícia da Polícia Civil no local do acidente. Os cadáveres foram submetidos a exame de necropsia e liberados para a família providenciar velório e sepultamento ainda nesta terça.

Mais uma vida
Reprodução

Alexandre perdeu a vida depois de um acidente na Avenida Roberto Burle Marx
Outra vida ceifada no trânsito do Vale do Aço é a do vigilante Alexandre Magno Silva, 52, que morreu por volta das 2h30 desta terça-feira no pronto-socorro do HMC. Testemunhas revelaram que, no início da madrugada, ele sofreu um acidente na Avenida Roberto Burle Marx, na região do Parque Ipanema. Alexandre pedalava uma bicicleta que foi colhida pela Honda Sport, 150cc, placa HCE-4892, pilotada por Thiago Ferreira Barbosa, 28.

O motociclista, de acordo com o que apurou a PM, seguia em direção ao Bairro Iguaçu e bateu contra a traseira da bicicleta, que trafegava na mesma direção. Alexandre e Thiago foram socorridos por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao HMC. O vigilante perdeu a vida minutos depois de ter dado entrada no hospital. Ele residia no Bairro Jardim Panorama. Até o fechamento desta edição, o motociclista, que sofreu traumatismo craniano, permanecia internado em estado grave.

Assassinato no Vila Celeste
AKR e Reprodução

Samuel (no detalhe) foi executado com tiros nas costas quando conversava com duas mulheres na Avenida Luiza Nascimbene
O primeiro homicídio em Ipatinga aconteceu pouco antes das 23h de segunda, na Avenida Luiza Nascimbene, no Bairro Vila Celeste. O mecânico montador Samuel Ferreira de Souza, 41, estava com duas mulheres perto de um bar quando um homem não identificado se aproximou e disse: “Perdeu, perdeu!”. Em seguida, o desconhecido efetuou vários disparos contra Samuel, que recebeu tiros na cabeça (acima do olho esquerdo), abaixo da axila direita e nas costas, morrendo no local. O assassino fugiu em direção à Rua Cardeal, passando por uma pinguela no local, e não mais foi visto. 

A morte do mecânico montador é um mistério para a família, uma vez que ele não teria envolvimento com drogas ou crimes. Um dos sobrinhos de Samuel, o também mecânico Jaime Ferreira, 35, estava inconsolável e sem entender o ocorrido. “Foi feita uma ligação lá pra casa falando que haviam feito os disparos contra o meu tio. Nós descemos e já o encontramos no chão. Agora estamos ansiosos para saber quem foi que efetuou esses disparos. Ele era uma pessoa muito prestativa e querida por todos. Trabalhava fora do Vale do Aço e sempre revia todos os amigos quando voltava à região”, comentou Jaime, que acrescentou: “O pessoal aqui do Vila Celeste gostava bastante dele e até onde a gente sabe, pelo menos aqui na região, meu tio não tinha atrito com ninguém”.

O sobrinho de Samuel relatou ainda ter ficado sabendo que o tio foi surpreendido pelas costas. “Foi o que nos disseram no local do crime. Meu tio chegou a Ipatinga há 15 dias: veio passar o Natal e o Ano Novo com a família. Ele era solteiro, mas tinha um filho, que também mora fora do Vale do Aço. Trouxe alguns brinquedos para dar ao filho, mas não teve essa oportunidade”, lamentou Jaime, ressaltando que o tio era uma pessoa muito extrovertida e alegre. “Daremos todo o apoio necessário à polícia para que achem o culpado desse homicídio. A gente confia na justiça”, finalizou o sobrinho de Samuel. O caso é investigado e um inquérito foi aberto na Delegacia Adjunta de Crimes contra a Vida (DACcV) de Ipatinga. Informações acerca de quem cometeu o homicídio podem ser passadas ao disque-denúncia pelo 181.

Homicídio no Esperança
AKR e Reprodução

Fábio (no detalhe) foi assassinado à luz do dia e na frente da mãe por dois homens que saíram de trás de um ônibus
A manhã desta terça-feira foi violenta também na Rua Hortência, no Bairro Esperança. O ex-detento Fábio Henrique Silva Almeida, 28, que deixou o Centro de Remanejamento de Presos (Ceresp) recentemente, foi executado com vários tiros na frente da mãe e perto de uma igreja. A PM já identificou alguns suspeitos e trabalha em conjunto com a Polícia Civil na captura deles.

“Fábio era morador do Bairro Esperança e estava cumprindo pena no Ceresp, mas recebeu um alvará de soltura no último dia 22 e deixou a cadeia. Na manhã desta terça, ele estava passando com a família dele aqui na Rua Hortência, parece que a mãe estava na hora, quando foi abordado por dois indivíduos que estavam escondidos atrás de um ônibus”, explicou o tenente Leonardo, um dos policiais que comandaram as apurações no local do crime. “Ainda estamos acabando de verificar, mas em princípio essa vítima estaria cumprindo pena no Ceresp por homicídio”, completou o oficial. No sistema do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) consta que Fábio também respondia por porte ilegal de arma de fogo. “A vítima estava andando pela Rua Hortência, perto da igreja Maranata, quando foi surpreendida por dois homens que estavam escondidos e efetuaram vários disparos. Com certeza já estavam à espera de Fábio e tinham informações de que ele passaria pelo local”, revelou o tenente Cleudis, que também participou dos trabalhos no local.  “Fábio tinha várias passagens, inclusive por homicídio. Então tudo leva a crer que o que aconteceu aqui foi um ajuste de contas referente a drogas ou uma vingança do delito que ele cometeu anteriormente”, emendou Cleudis.

O assassinato do ex-detento aconteceu por volta das 9h e teria sido presenciado por várias pessoas. Testemunhas do crime podem passar informações anônimas à polícia por meio do disque-denúncia 181. “Com certeza vamos chegar à autoria desse homicídio, pois já temos algumas informações dos assassinos, que fugiram a pé, mas podem também ter usado uma moto”, concluiu Cleudis.

De acordo com apurações da perícia da Polícia Civil no local do crime, Fábio recebeu um tiro na coxa direita e caiu de joelhos. Ele foi executado por duas pessoas que efetuaram vários disparos, sobretudo, contra a cabeça – num total de 13 perfurações no cadáver.


Mais noticias do caderno Polícia
23/11/2014
17:37
PC procura por mulher suspeita de vários crimes em Ipatinga

IPATINGA - A Polícia Civil concluiu na tarde de sexta-feira (21) um inquérito policial contra Valdenia Ferreira da Silva.
 
17:35
Dupla em atitude suspeita foge da polícia durante abordagem

IPATINGA – Dois homens suspeitos de vários roubos foram presos na tarde de sexta-feira (21), no bairro Vila Celeste.
 
17:32
Pai e filho são suspeitos de receptar e vender carros de luxo roubados

FABRICIANO – Pai e filho foram presos na tarde de sexta-feira (21) suspeitos de venderem carros de luxo roubados.
 
17:27
Campanha promove combate à exploração sexual infantil

PARAÍSO – A partir da próxima semana, quem for passar pelas rodovias federais ou estaduais que cortam o Vale do Aço vai se deparar com blitze educativas nas estradas.
 
22/11/2014
00:10
Condenado por tentativa de homicídio cumprirá pena em regime domiciliar

IPATINGA – Um homem de 27 anos foi condenado a quatro anos de prisão em julgamento popular ocorrido na manhã desta sexta-feira (21).
 
00:06
Sueco vai responder por falsidade ideológica no Brasil

IPATINGA – O delegado de polícia Rodrigo Manhães, que prendeu o sueco Frank Hans Robert Sten, 51 anos, na tarde de quinta-feira (20), informou que já solicitou ao Judiciário ipatinguense a prisão preventiva do acusado.
 
00:04
PC prende suspeito de tentativa de homicídio

IPATINGA – A Polícia Civil de Ipatinga prendeu na manhã desta sexta-feira (21) um rapaz de 19 anos acusado de uma tentativa de homicídio em outubro deste ano.
 
21/11/2014
23:58
Ciclista morre atropelado em Iapu

IAPU - Um ciclista de 49 anos morreu atropelado no km-104 da BR-458, próximo a cidade de Iapu, na tarde desta sexta-feira (21).
 
20/11/2014
22:34
Sueco procurado pela Interpol é preso em Ipatinga

IPATINGA – Um homem de 51 anos procurado pela Interpol foi preso na tarde desta quinta-feira (20) pela Polícia Civil de Ipatinga.
 
10:36
Bandeiras em mau estado de conservação são incineradas

DA REDAÇÃO - Em comemoração ao Dia da Bandeira, a Polícia Militar realizou na manhã desta quarta-feira (19), no pátio do 14º Batalhão, uma cerimônia de incineração das bandeiras do Brasil e de Minas Gerais em mau estado de conservação.