PREVISÃO DO TEMPO
COTAÇÕES
Coronel Fabriciano
Min: 17C   Max: 28C
Ipatinga
Min: 16C   Max: 28C
Santana do Paraíso
Min: 16C   Max: 28C
Timóteo
Min: 16C   Max: 27C
Cadastre-se
Redes Sociais 
 
Polícia
11/06/2010 - 00:05

Três mortes no trânsito


Manhã desta quinta foi trágica em Ipatinga



Emmanuel Franco
Repórter

IPATINGA – Dois novos acidentes de trânsito em Ipatinga resultaram em três mortes e ainda deixaram duas pessoas feridas na manhã desta quinta-feira (10). O primeiro aconteceu na Avenida Principal, no Residencial Bethânia, e tirou as vidas do mototaxista Carlos de Souza Bacelar, de 47 anos, e do leiteiro Zaqueu Firmino de Andrade, 62. As motocicletas que eles pilotavam bateram violentamente de frente. No outro caso, o vigilante Thiago de Souza, 19, também morreu conduzindo uma moto. Ele perdeu o controle do veículo na região do Morro da Usipa e chocou-se contra um poste.

No acidente do Residencial Bethânia, situado um pouco antes do Bairro Industrial, em Santana do Paraíso, Zaqueu pilotava a Yamaha Bros (HHZ-9462) transportando latões de leite. De acordo com o que apurou a Polícia Militar, após fazer uma ultrapassagem, ele bateu violentamente de frente contra a Honda Titan 150cc, placa HCE-3996, pilotada por Carlos e que tinha ainda Maria Albeny Souza, na garupa. Zaqueu e Carlos sofreram morte imediata. Em estado grave, Maria foi levada ao Hospital Márcio Cunha (HMC).

O cabo PM Cláudio trabalhou na confecção do boletim de ocorrência (BO) sobre o acidente. “Chegamos ao local e constamos que havia duas vítimas fatais e uma em estado grave, a Maria de Souza, que reside no Bairro Águas Claras, em Paraíso. O piloto da Honda Titan é o Carlos Bacelar, que trabalhava como mototaxista na Praça 1º de Maio, no centro de Ipatinga, e era mais conhecido como ‘Lula’”, comentou o militar. Maria é popularmente chamada de ‘Gorda’. Ela possui um bar no Águas Claras e permanecia internada no HMC.

O policial ainda informou como o acidente possivelmente aconteceu. “Segundo testemunhas, parece que o Zaqueu fez uma ultrapassagem na curva sem observar o fluxo de veículos. Foi colisão de moto com moto e ambos tiveram várias fraturas no crânio e pelo corpo”, complementou, lembrando que a Avenida Principal é uma via larga e deserta.


Genro

Genro de Zaqueu, Flávio Albino do Carmo, esteve no local do acidente e, ainda muito assustado, conversou com a imprensa. “Fui chegando em casa do serviço e recebi uma ligação. Me informaram que havia acontecido um acidente fatal com duas vítimas. Na hora, eu levei um choque. Fui anunciar para a família e foi um desastre. A esposa, a mãe dela, estão muito traumatizadas. A gente tem que ser mais forte para tentar tomar frente”, disse.

Flávio ainda falou sobre o que ficou sabendo do ocorrido. “O que foi me informado é que ele (Zaqueu) estava vindo do Vagalume, sentido ao Águas Claras, quando foi ultrapassar uma máquina e as motos se choram frente a frente”, reiterou. Zaqueu era casado e deixou quatro filhos. Carlos completaria 47 anos no próximo dia 19.  


Morte no Morro da Usipa

O vigilante Thiago pilotava a Honda CG 125cc, placa HKA-6590, na BR-381, na região do Morro da Usipa, trazendo o amigo Jonata de Souza Moreira, 17. Ele seguia no sentido Coronel Fabriciano/Ipatinga quando – segundo uma testemunha que seguia em um carro logo atrás – perdeu o controle antes de uma curva, colidiu no meio-fio e contra o guard-rail. A moto derrapou e Thiago bateu o corpo contra um poste. A Honda CG foi parar numa ciclovia, cerca de 50 metros depois do local onde o vigilante ficou. O adolescente foi socorrido por uma do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao HMC e passa bem.

Thiago era filho do sargento reformado da PM Evandro Francisco de Souza, 53, que foi até o Morro da Usipa e viu o jovem morto. Segundo ele, o filho trabalhava como vigilante para uma empreiteira da Usiminas, estava de folga nesta quinta e havia comprado a motocicleta há pouco mais de seis meses.

Evandro não soube dizer para onde Thiago seguia, informando que saiu de casa no início da manhã, quando o filho estava dormindo, e retornou por volta das 11h quando ele não estava mais lá.

A mãe do vigilante, a auxiliar de dentista Regina Lúcia de Souza, 39, também esteve no local acidente e chegou a passar mal ao ver o filho sem vida.

Thiago residia com a família na Rua Cinco, no Bairro Sílvio Pereira I, em Fabriciano. Depois dos trabalhos do perito Hebert de Mingo Silva, o cadáver foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML) de Ipatinga.  



Mais noticias do caderno Polícia
30/06/2015
12:22
Bandidos roubam cerca de 100 quilos de dinamite de obra de duplicação da BR-381

.
 
10:52
Mapa da violência

.
 
29/06/2015
19:18
Capotamento mata três em Dom Cavati

.
 
12:46
RODOVIA DA MORTE

.
 
26/06/2015
23:07
Homem é assassinado em Barão de Cocais

.
 
20:37
STJ mantém condenação de pilotos americanos em acidente com Boeing da Gol

.
 
25/06/2015
11:49
685 tabletes de maconha

.
 
11:25
Tragédia em Belo Oriente

.
 
10:50
Unileste sedia Fórum Regional sobre a Redução da Maioridade Penal

.
 
24/06/2015
13:59
Cristiano Araújo

.