PREVISÃO DO TEMPO
COTAÇÕES
Coronel Fabriciano
Min: 20C   Max: 32C
Ipatinga
Min: 20C   Max: 31C
Santana do Paraíso
Min: 20C   Max: 31C
Timóteo
Min: 19C   Max: 32C
Cadastre-se
Redes Sociais 
 
Cidades
11/01/2007 - 00:00

Procura por passagens gratuitas de idosos ainda é pequena


IPATINGA – Um dia depois do Supremo Tribunal Federal (STF) suspender a liminar que impedia um número restrito de idosos com mais de 60 anos viajarem de ônibus interestaduais gratuitamente, a procura por estas passagens na tarde desta quinta-feira (11), na rodoviária de Ipatinga, ainda era pequena. Mas, segundo a funcionária de uma empresa de ônibus, o movimento tende a aumentar muito nos próximos dias, depois de uma maior divulgação da medida judicial na mídia.

Nos guichês das empresas Itapemirim e Rio Doce, as passagens de idosos já estavam liberadas na tarde desta quinta-feira. Entretanto, na bilheteria conjunta das empresas Gontijo e São Geraldo, o funcionário de atendimento informou que aguardava o novo modelo das passagens de idosos para liberar o deslocamento gratuito das pessoas com mais de 60 anos e renda de até R$ 700.

De acordo com as regras da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), para viagens inferiores a 500 quilômetros, o idoso deverá adquirir a passagem com desconto de 50%, num prazo máximo de seis horas antes da viagem. Nas viagens com distância superior a 500 quilômetros, o prazo de antecedência é de 12 horas.

As empresas devem oferecer, por veículo, dois assentos gratuitos, e os demais com desconto. O idoso que não conseguir a passagem gratuita deve reclamar à ouvidoria da ANTT através do telefone 0800-610300. A empresa que não fornecer a passagem ou se recusar a dar o desconto de 50% está sujeita a multa de R$ 2.877,93.

 

Trens

Mesmo com as liminares que impediram os idosos de viajarem gratuitamente, os trens da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) continuaram liberando tais deslocamentos. No entanto, ao contrário das empresas de ônibus, que disponibilizam duas poltronas por veículo, a CVRD libera apenas duas passagens (classe econômica) por trechos, ou seja, pela viagem Belo Horizonte/Vitória, duas passagens, e no sentido inverso, mais duas passagens.

Em média, um trem de passageiros da Vale possui sete vagões de classe econômica e dois vagões executivos. Como cada vagão possui 80 poltronas, cada comboio transporta normalmente 720 passageiros.

Mais noticias do caderno Cidades
29/03/2015
03:45
CIA promove várias iniciativas para divulgar o Dia Mundial de Conscientização do Autismo

.
 
03:35
Comitiva da verdade vai ao TCE

.
 
03:32
Projeto de revitalização da antiga cadeia ainda aguarda recursos

.
 
28/03/2015
00:28
Vereadores vão a BH para tentar manter Receita Federal em Fabriciano

.
 
00:22
PMT anuncia construção de 600 apartamentos

.
 
00:09
Tecnologias alternativas para produtores rurais

.
 
00:05
Hospital Unimed Vale do Aço se prepara para receber certificação

.
 
27/03/2015
23:59
UAI de Fabriciano atinge 23ª posição no ranking estadual de atendimentos

.
 
23:55
CPI do Cartão de Defesa Civil dá prosseguimento às investigações

.
 
04:54
Estudantes de fisioterapia promovem encontros de orientação às gestantes

.