PREVISÃO DO TEMPO
COTAÇÕES
Coronel Fabriciano
Min: 19C   Max: 29C
Ipatinga
Min: 19C   Max: 29C
Santana do Paraíso
Min: 19C   Max: 28C
Timóteo
Min: 17C   Max: 28C
Cadastre-se
Redes Sociais 
 
Cidades
03/09/2013 - 00:00

Trabalhadores cobram na Justiça diferenças do FGTS


DA REDAÇÃO - Até 1967, todo trabalhador que completasse dez anos de trabalho na mesma empresa tinha direito à estabilidade naquele emprego. Para acabar com esse benefício foi criado o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). O argumento de quem defendia esse Fundo era de que ele formaria uma reserva. Essa espécie de poupança serviria para auxiliar o empregado nos casos de desemprego, aposentadoria, invalidez ou até mesmo na compra de imóvel.
O FGTS corresponde a 8% do salário do trabalhador e é depositado mensalmente pela empresa em uma conta vinculada do empregado. O montante seria acrescido de juros. Além disso, para não perder valor devido à inflação, foram criados vários mecanismos para corrigi-lo. Um desses instrumentos foi a Taxa Referencial (TR) criada em 1991, pelo então presidente Collor.
No entanto, o valor da TR vem caindo desde a sua criação chegando a 0 (zero), em 2013.  Com isso, os valores depositados nas contas vinculadas do FGTS vêm sendo corrigidos abaixo da inflação, causando prejuízos ao trabalhador.  
Para recuperar esses prejuízos, alguns sindicatos, como o Sindicato dos Empregados no Comércio e Serviços de Ipatinga (SECI), entram na justiça contra a Caixa. O advogado Sérgio Andrade, do escritório que presta assessoria jurídica ao SECI e outros sindicatos profissionais da região (Metasita, Sind-UTE, Sintserpi, Sinttrocel, Seethur), explica como funciona esse processo.

Quem tem direito a essa diferença do FGTS?
Sérgio Andrade – Todos os trabalhadores que têm ou tiveram depósitos na conta vinculada do FGTS no período de janeiro de 1999 até hoje. Mesmo aqueles que não trabalharam durante todo esse período ou que já tenham feito o saque em seu Fundo. Mas esse processo vai ser mais compensador apenas para aqueles têm ou tiveram um saldo expressivo na conta vinculada do FGTS.  

Qual é o valor da correção?
Sérgio Andrade – Serão cobradas todas as diferenças entre a Taxa Referencial (TR) e o Índice Nacional de Preço do Consumidor (INPC), podendo chegar a uma diferença de 88,3% do valor depositado na conta vinculada do FGTS.

Quais documentos necessários para iniciar o processo?
Sérgio Andrade – CTPS, CPF, Identidade, PIS, comprovante de endereço e extrato analítico do FGTS.

Quanto tempo, em média, pode demorar a decisão?
Sérgio Andrade – Por se tratar de processo movido em face da Caixa Econômica Federal é algo demorado. O tempo médio para conseguir uma decisão final é de seis anos (tanto para mais quanto para menos).

 

Mais noticias do caderno Cidades
26/07/2014
00:00
Conheça as novas regras para se construir em Ipatinga

IPATINGA – Sancionado no mês passado, o Plano Diretor de Ipatinga garante o ordenamento urbano do município para os próximos seis anos.
 
25/07/2014
16:15
Insegurança deixa moradores do Horto e Santa Mônica apavorados

IPATINGA – Moradores dos bairros Horto e Santa Mônica estão apavorados com a onda de criminalidade que vem afetando as duas comunidades recentemente, principalmente à noite.
 
16:07
Expo Usipa desafia pessimismo e reúne empresas de seis estados para fomentar mercado

IPATINGA – Com o slogan “Determinação é criar oportunidade”, a 26ª edição da Expo Usipa foi aberta oficialmente na noite de quarta-feira (23) com a expectativa de um grande volume de negócios.
 
24/07/2014
17:12
Mudas de pupunha são levadas para zona rural

IPATINGA - Cerca de 110 mil mudas de palmito pupunha, cultivadas desde janeiro no Viveiro Municipal, começaram esta semana a ser transportadas para unidades produtivas localizadas na zona rural de Ipatinga e região.
 
17:02
Fabriciano promove Ação Social do Parque Linear no domingo

FABRICIANO – A Prefeitura de Coronel Fabriciano realiza, neste domingo (27), das 9h às 13h, a Ação Social Integrada.
 
15:27
Ley contesta Poder Executivo em relação a atraso em projeto de licitação do transporte coletivo de Ipatinga

IPATINGA - Após o presidente da Câmara Municipal de Ipatinga, Ley do Trânsito, se manifestar sobre a inconstitucionalidade do Projeto de Lei 074/2014, protocolado na Secretaria Geral do legislativo no dia 17 de junho, através do qual o Poder Executivo solicitava autorização para delegar, mediante licitação, concessão para exploração de serviço público de transporte coletivo de passageiros no município, e a Comissão de Constituição e Justiça também se posicionar pela inconstitucionalidade do texto, a prefeitura de Ipatinga iniciou uma sequência de protocolos de substitutivos e novos projetos de lei para tratar do polêmico tema.
 
14:54
Explode o número de multas no Centro de Ipatinga

IPATINGA – O déficit de estacionamento que afeta as cidades com mais de 200 mil habitantes é um problema presente em todo o país.
 
00:22
Com 130 empresas, 26ª Expo Usipa é aberta em grande estilo

IPATINGA - A 26ª Expo Usipa, uma das maiores feiras de Minas Gerais, foi aberta na noite dessa quarta-feira (23) com a presença de diversas autoridades e representantes de grandes empresas, entre eles o vice-presidente da Cenibra, Naohiro Doi, o gerente geral de Laminação a Frio da Usiminas, Silmar Luís Rabelo – que fez o discurso de abertura – e o presidente da Usipa, César Augusto de Paiva.
 
23/07/2014
22:00
Azul amplia voos entre Ipatinga e Confins com terceira operação diária

DA REDAÇÃO - Os clientes da Azul Linhas Aéreas Brasileiras em Ipatinga contarão com o terceiro voo diário e direto para Belo Horizonte (Confins) a partir de 11 de agosto.
 
12:08
Povo deve ser ouvido antes da votação do projeto de uso e ocupação do solo

IPATINGA – Os vereadores membros da Comissão de Urbanismo, Transporte e Trânsito entendem que devem ser realizadas audiências públicas setoriais, nos mesmos moldes das que foram feitas antes da votação do Plano Diretor, para ouvir a população sobre o Projeto de Lei 083/2014, que dispõe sobre o parcelamento, a ocupação e o uso do solo urbano do município de Ipatinga.