PREVISÃO DO TEMPO
COTAÇÕES
Coronel Fabriciano
Min: 19C   Max: 29C
Ipatinga
Min: 19C   Max: 29C
Santana do Paraíso
Min: 20C   Max: 28C
Timóteo
Min: 18C   Max: 29C
Cadastre-se
Redes Sociais 
 
Polícia
01/03/2013 - 00:05

Estelionatário que clonava cartões é preso


AKR

Carioca (2º da direita para a esquerda) apresentou uma carteira de identidade com seus dados, porém afirmou que o documento era falso
TIMÓTEO – Nesta quarta (27), a Polícia Civil de Timóteo realizou a prisão de um estelionatário conhecido como ‘Carioca’, que aplicava diversos golpes na cidade. Ele fazia parte de uma grande quadrilha, que usava dados bancários adquiridos por máquinas chupa-cabras para acessar a conta dos correntistas e fazer vários furtos.

Carioca diz se chamar Paulo Sérgio Alves de Lima (42), e foi preso em um quarto de hotel de Timóteo, com diversos cartões de crédito, uma máquina de magnetização de cartões, um computador e diversos documentos em nomes de várias pessoas, e em seu notebook, afirmou ter os dados de mais 500 correntistas do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia. Ele teria chegado ao hotel no último domingo (24).

Com ele foi encontrada uma identidade de São Paulo, com o nome que ele afirma ser o seu, mas que, segundo ele, é uma identidade falsa, que comprou por R$60 de um falsificador no Rio. Questionando se o nome era realmente o verdadeiro, os policiais começaram a duvidar também dessa informação, devido à impossibilidade de uma pessoa fazer uma carteira de identidade falsa com seus dados verdadeiros. As investigações conseguiram mais indícios de que esse nome também seria falso.

AKR

No quarto de hotel foram encontrados uma máquina magnetizadora de cartões, vários cartões virgens e documentos de correntistas, além de um notebook com mais de 500 dados bancários
Carioca fazia parte de um bando que agia em vários estados brasileiros, com membros em São Paulo, no Rio de Janeiro e na Bahia. A investigação descobriu que, pessoas da quadrilha em outros estados colocavam equipamentos conhecidos como ‘Chupa-Cabra’ nos caixas eletrônicos, que copiavam as senhas e os números dos cartões dos correntistas.

Os dados eram então repassados para Carioca, que utilizando uma máquina de magnetização de cartões e um avançado programa de computador, transformava os cartões ‘virgens’ em cartões clonados, com os dados dos correntistas. Com os cartões prontos, ele efetuava saques nas contas das vítimas, em diversos caixas eletrônicos, fazendo posteriormente uma partilha com os outros membros do grupo.

Segundo o Delegado Gilmaro Alves e os investigadores Paulo Sérgio Lima e Rodrigo Siqueira, este é o ponto inicial das investigações, já que apenas uma pessoa da quadrilha foi identificada. A PC investiga também a possibilidade da gangue ter instalado os aparelhos ‘Chupa-cabras’ em agências bancárias do Vale do Aço.


Mais noticias do caderno Polícia
05/03/2015
07:20
Lei Maria da Penha reduziu violência doméstica, diz estudo

.
 
04/03/2015
01:00
Adolescentes confessam assassinato no Macuco

.
 
03/03/2015
07:14
Jovem é morto dentro de casa

.
 
07:12
PM desarticula quadrilha que roubava postos de combustíveis

.
 
07:11
Bombeiros resgatam corpo de jovem que se afogou do Rio Doce

.
 
07:08
Homem é vítima de sequestro relâmpago

.
 
07:06
Homem é assassinado à luz do dia em Fabriciano

.
 
07:04
PM desenterra 55 quilos de maconha em quintal de idosa

.
 
28/02/2015
00:04
PM ambiental apreende arsenal e pássaros silvestres

.
 
00:04
Menor é baleado em Belo Oriente

.